Lovlovlov se inspira em Cartas de amor de Carmen Miranda


Lovlovlov se inspira em Cartas de amor de Carmen Miranda e chega à Caixa Cultural São Paulo depois 

Crédito fotos; ELENIZE DEZGENISK

de sucesso em Curitiba

 

Com direção de Isabel Teixeira, peça oferece ao público a possibilidade de ver a montagem de duas maneiras diferentes

 

 

Ao chegar no teatro, o público precisa tomar uma decisão: de que lado ver a peça, lado A ou lado B. É assim, do lado de fora da sala, que tem início LOVLOVLOV, peça única dividida em cinco choques, que estreia em São Paulo no próximo dia 9 de novembro, às 19h15, na Caixa Cultural São Paulo, com entrada franca.

 

Quando entra na sala, o espectador vê uma cabine/vitrine, batizada de Museu de Cera dos Carnes, espaço bipartido onde os atores Diego Marchioro e Fernando de Proença vivem Carne 1 e Carne 2. Apesar de se inspirar em cartas de amor de Carmen Miranda e fazer diversas referências a elementos que fazem parte do universo da cantora, o público não verá uma montagem sobre a brasileira que conquistou os EUA. LOVLOVLOV é uma peça sobre amor e terror.

 

Os atores falam o mesmo texto simultaneamente, cada um à sua maneira, enquanto Edith de Camargo executa a trilha sonora ao vivo – com algumas canções compostas por Ná Ozzetti, com guitarras de Kiko Dinucci, que foram especialmente criadas para a montagem.

 

A peça, criada em abril de 2016, estreou em Curitiba, participou do FIT (Festival Internacional de Teatro São José do Rio Preto) e do Festival de Curitiba (2017), sendo apontada como um dos três destaques curitibanos do Festival.

 

LOVLOVLOV conta, ainda, com vozes em off de Alice Ruiz, Christiane de Macedo, Claudete Pereira Jorge, Danilo Grangheia, Georgette Fadel, Joana Louçã, Martina Gallarza, Simone Spoladore e Zélia Duncan.

 

Amor puro

 
AdGP



A ideia do espetáculo surgiu quando os atores Fernando e Diego leram o livro Carmen – Uma biografia, de Ruy Castro, e viram cartas que a artista escreveu para um aviador brasileiro que conheceu em uma festa na sua casa em Hollywood. “As cartas foram escritas no diminutivo e com alternância de primeira e segunda pessoa, com um tom completamente apaixonado que, junto com o estudo da vida e obra da artista, contribui para descobrir outras facetas de Carmen Miranda”, explica Fernando.

 

Com esse material, surgiu o convite para Isabel Teixeira, que foi para Curitiba. Junto com a dupla, ela construiu a dramaturgia do espetáculo inspirado não só na correspondência de Carmen, como também em sua vida e obra e em experiências pessoais dos artistas. O texto da peça, bem como o sincronismo dos atores, é algo essencial para o sucesso da montagem. “Partimos de uma mesma partitura, eu e o Diego não nos encontramos em cena. Precisamos estar muito atentos um ao outro, dependemos muito da escuta.  O que nos une é o texto e as diversas sonoridades promovidas por ele” conta Fernando.

 

E nesta peça, que usa Carmen como um pretexto para falar de amor, o público assume o papel de vouyer, vendo aquelas duas figuras se revelarem e abrirem sua intimidade se desintegrando a olhos nus, passando por três fases do amor: o encantamento inicial, as cobranças e o término. As duas figuras em cena sofrem por um amor não correspondido e transitam por diversas paisagens e patologias da paixão, fazendo o público refletir: ainda há o fio do amor na confinação a que nos reduz o mundo atual?  Ainda é possível sentir por conta própria? Manipulados, esquecidos, explorados, expostos, os Carnes esperam uma resposta.

 

 

Sobre Coletivo Rumo

 

Durante a criação de LOVLOVLOV, peça teatral criada em 2016, surge o interesse de um grupo de artistas apostarem em uma linguagem própria. Isabel Teixeira, Diego Marchioro, Fernando de Proença, Beto Bruel, Edith de Camargo, Augusto Ribeiro e Cindy Napoli, juntos, investem na criação de uma ideia de plágio pornográfico, a partir das referências de cada integrante. O coletivo se baseia, cada um na sua especificidade, em construir dramaturgias cênicas que se inscrevam na elaboração de um texto “escrito no ar” , o artesanato da linguagem: a escrita na cena. O coletivo prepara, como segundo movimento de criação, o solo O COVEIRO, em fase de elaboração. Em 2018 monta PEOPLEVSPEOPLE. As peças são concebidas na intersecção entre artistas de Curitiba e São Paulo.

 

Oficina

 

Além do espetáculo, a temporada em São Paulo também terá uma oficina com os atores Fernando de Proença e Diego Marchioro. Misturando teoria e prática, LOVLOVLOV – dispositivos compartilhados de criação parte do contexto que o trabalho foi criado, visa o compartilhamento de dispositivos processuais e de cena, em uma proposta onde o amor e suas relações são o foco. Os alunos poderão entrar em contato com a lógica de criação do coletivo e suas especificidades a fim de explorar, no corpo, possibilidades de criação da cena. Serão trabalhados procedimentos cênicos a partir da relação do corpo com o espaço, da relação entre artista e espectador e da criação de uma dramaturgia textual criada em sala de ensaio, escrita no ar da cena.

 

Ficha técnica

Dramaturgia – Isabel Teixeira, Diego Marchioro e Fernando de Proença.

Direção – Isabel Teixeira.

Elenco – Diego Marchioro e Fernando de Proença.

Sonoplastia e música ao vivo – Edith de Camargo.

Música original – Ná Ozzetti.

Arranjos e guitarras em “I Say Money I Say Mens” (Ná Ozzetti) Adeus Batucada (Silval Silva) – Kiko Dinucci.

Vozes em off – Alice Ruiz, Christiane de Macedo, Claudete Pereira Jorge, Danilo Grangheia, Georgette Fadel, Joana Louçã, Martina Gallarza, Simone Spoladore e Zélia Duncan.

Iluminação – Beto Bruel.

Cenário e figurino – Paulo Vinícius.

Direção de produção – Diego Marchioro e Cindy Napoli – Rumo Empreendimentos Culturais.

Produção Local Martina Gallarza (Roda de Criação)

 

 

Serviço

 

Espetáculo LOVLOVLOV, peça única dividida em cinco choques

Local: CAIXA Cultural São Paulo (Praça da Sé, 111 – Centro) – próxima à estação Sé do Metrô

Data: De 9 de novembro a 19 de novembro (de quinta a domingo)

Horário: 19h15

Informações: (11) 3321-4400

Classificação indicativa: Recomendado para maiores dos 18 anos.

Capacidade: 80 lugares

Duração: 70 minutos

Entrada franca (ingressos distribuídos a partir das 9h do dia da apresentação)

Acesso para pessoas com deficiência

Patrocínio: Caixa Econômica Federal

 

 

Oficina LOVLOVLOV – dispositivos compartilhados de criação

Local: CAIXA Cultural São Paulo (Praça da Sé, 111 – Centro) – próxima à estação Sé do Metrô

Dia 11 de Novembro (sábado)  das 13h às 17 h.

Inscrições pelo e-mail: rumo.cultural@gmail.com até 03 de novembro.

20 vagas – os interessados devem enviar nome completo e mini biografia para o e-mail citado

Ofertas Relacionadas
Celular Samsung Galaxy J7 Prime  5.5  32gb + Chip Tim Grátis
Celular Samsung Galaxy J7 Prime 5.5 32gb + Chip Tim Grátis
Mais info»
R$ 1099
até 12x de R$ 91.58
Celular Lenovo Vibe K6 K33b36 Cinza Dual  Android 32gb 4g
Celular Lenovo Vibe K6 K33b36 Cinza Dual Android 32gb 4g
Mais info»
R$ 799
até 12x de R$ 66.58
Smartphone Samsung Galaxy J5 Prime Dourado Dual Chip 32gb Te
Smartphone Samsung Galaxy J5 Prime Dourado Dual Chip 32gb Te
Mais info»
R$ 699
até 12x de R$ 58.25
Smartphone Moto G5 Xt1672 Ouro - 4g, Tela 5,octa Core, 32gb
Smartphone Moto G5 Xt1672 Ouro - 4g, Tela 5,octa Core, 32gb
Mais info»
R$ 799.9
até 12x de R$ 66.66
Relógio Celular Smart Watch Zd09 C/ Chip Câmera Som Memóriam
Relógio Celular Smart Watch Zd09 C/ Chip Câmera Som Memóriam
Mais info»
R$ 48.39
Xiaomi Redmi 4x 3gb Ram 32gb 13mp 4g Original
Xiaomi Redmi 4x 3gb Ram 32gb 13mp 4g Original
Mais info»
R$ 639
até 12x de R$ 60.7
Powered by MLV Contextual  

Related posts